quinta-feira, 2 de julho de 2009

Senhas e mais senhas...

Senhas são "chaves virtuais" destinadas a garantir que somente usuários autorizados tenham acesso ao sistema operacional, a certos aplicativos e a uma profusão de serviços baseados na Web. Para prover segurança, elas devem ser "fortes" e compatíveis com a importância daquilo que se pretende proteger. Quando a idéia é apenas impedir que abelhudos acessem sua conta no Orkut, por exemplo, uma senha de seis caracteres alfanuméricos está de bom tamanho, mas na hora de criar um login para o netbanking, convém utilizar pelo menos oito caracteres sem qualquer sequência lógica e combinados com símbolos como # , _ , @, -, / e outros que tais.
Mas de nada adianta trancar uma gaveta e largar a chave em cima da mesa, de maneira que não é uma boa idéia anotar senhas em post-its e colá-los na moldura do monitor (por incrível que pareça, ainda existe quem faça isso). Além disso, se você for salvar suas senhas num arquivo digital, é bom protegê-las com alguma forma de criptografia (para criar um documento com senha no Word, clique em Arquivo > Salvar como... e, na janelinha que se abrir, clique na setinha ao lado de Ferramentas, selecione Opções de Segurança e faça as configurações desejadas).
Além de criar senhas rebuscadas e mantê-las longe dos curiosos, é preciso também substituí-las regularmente e evitar repetí-las em serviços diferentes, o que torna quase impossível memorizar todas elas e lembrar qual se aplica a cada caso - a não ser com a ajuda de um gerenciador de senhas.
O RoboForm (gratuito para uso não comercial) gerencia senhas e informações de login, preenche informações exigidas pelos sites e serviços e ainda oferece um gerenciador de anotações, um gerador de senhas e um mecanismo de busca (mais informações e download em http://www.roboform.com/).
Outra opção interessante é o KeePass (http://keepass.info/), que também é gratuito, dispensa instalação (roda direto de um pendrive ou de uma pasta no HD) e protege suas senhas com criptografia de 256 bits.
Bom dia a todos.
Postar um comentário