segunda-feira, 11 de abril de 2011

Inicialização

Já mencionamos que o acúmulo de programinhas que pegam carona na inicialização do Windows sem real necessidade (alguns até criam ícones na Área de Notificação) degrada o desempenho global do sistema, e ainda que determinados aplicativos precisem estar sempre ativos – como o antivírus e o firewall, por exemplo –, manter o Adobe Reader, o iTunes, o Messenger e outros que tais em QAP permanente é, no mínimo, desnecessário.
Para prevenir essa “invasão”, fique de olho nas janelinhas que são exibidas por ocasião da instalação dos softwares e desmarque opções do tipo “iniciar junto com o Windows” ou coisa parecida. No caso de programas já instalados, caso não exista um comando que permita reverter o quadro (se existir, ele provavelmente estará sob o menu Ferramentas ou em Opções), clique em Iniciar > Executar e digite “msconfig” (sem as aspas) para abrir o UTILITÁRIO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA. Em seguida, clique na aba Inicializar e desmarque as opções que você não quer que sejam carregadas automaticamente (caso precise reativar algum deles, basta repetir os mesmos passos e remarcar a opção correspondente).
Vale lembrar que muitas dessas entradas não são auto-explicativas, o que torna mais difícil decidir se elas podem ser desmarcadas sem que isso resulte em prejuízos para o sistema. Na dúvida, como diz um velho ditado, “não se mexe em time que está ganhando”, mas quem tem alguma noção do idioma do Tio Sam, pode consultar a Startup Application List  – que apresenta dezenas de milhares de itens detalhados e organizados. Além da descrição, cada um deles traz uma legenda de "status" que informa se o aplicativo deve ser deixado marcado (Y), se é desnecessário (N), se mantê-lo ou não fica a critério do usuário (U), se representa alguma ameaça à segurança do sistema (X) ou se é desconhecido (?).

Observação: Utilitários como o CCleaner, o Advanced System Care e o Revo Uninstaller (dentre outros que já analisamos e recomendamos aqui no Blog) dispõem de módulos que permitem gerenciar mais facilmente os itens de inicialização.

Um ótimo dia a todos.

EM TEMPO: A Microsoft deve lançar amanhã 17 atualizações de segurança - nove críticas e oito importantes - visando corrigir um total de 64 vulnerabilidades no Windows, Office, Internet Explorer, Visual Studio e outros produtos, além da tradicional ferramenta para remoção de malwares e de atualizações para os filtros de lixo eletrônico do Windows Mail, Outlook 2003, Outlook 2007 e Outlook 2010. Para mais informações, clique aqui.  
Postar um comentário