terça-feira, 27 de setembro de 2011

Inicialização empacada (continuação)


Vimos ontem que todo computador precisa de um tempo para “começar a trabalhar”, que esse tempo varia conforme diversos fatores (hardware, configurações de software, quantidade de aplicativos inicializados junto com o sistema, e por aí vai), e que isso pode ser irritante para os menos pacientes – ou se tornar um problema real, caso a demora vá além de uns poucos minutos.
Antes de passarmos ao mote desta postagem, vale relembrar que, a partir da versão XP do Windows, a Microsoft implementou uma política de contas de usuários e senhas de acesso mais eficiente do que no tempo do Millennium, quando bastava pressionar a tecla “ESC” na tela de Logon para contornar a exigência de senha. Assim, a inicialização acontece “em duas etapas”: a primeira – execução do POST e carga do sistema – é iniciada automaticamente assim que ligamos o computador; já a segunda – carga das configurações personalizadas do usuário – fica em suspenso até que a senha de Logon seja introduzida. Se você simplesmente pressionar o botão Power e for tomar um café (como eu faço), a máquina ficará aguardando seu retorno e só concluirá o processo depois que obtiver sua senha de acesso. No entanto, é possível eliminar esse “hiato” configurando o sistema para dispensar a senha e ir direto “aos finalmentes”. Veja como:

1. Na caixa Executar do menu Iniciar, digite “control userpasswords2” (sem aspas) e clique em OK.
2. Na guia Usuários, desative o item “Os usuários devem entrar com um nome e senha para usar este computador” e clique em Aplicar.
3. Quando o sistema pedir um nome de usuário e senha, informe o usuário padrão, digite uma senha (não deixe este campo em branco) e clique em OK.
4. Abra o Painel de Controle e, em Contas de Usuários, clique em “Alterar o modo como usuários fazem Logon ou Logoff” e desative os itens “Use a tela de boas-vindas” e “Use a Troca Rápida de Usuário”.

O problema é que, configurando dessa maneira, o computador fica a mercê de qualquer um que resolva ligá-lo (problema ainda mais preocupante nos portáteis, por razões óbvias). Então, a solução é criar um mecanismo que bloqueie o acesso o acesso ao sistema e só o libere mediante a introdução de uma senha. Para tanto:

1.       Clique em Iniciar>Todos os programas, localize a entrada correspondente à pasta Inicializar, dê um clique direito sobre ela e selecione a opção “Abrir”.
2.      No menu Arquivo, clique em “Novo” e selecione a entrada “Atalho”.
3.      Na caixa do assistente “Criar atalho”, digite rundll32.exe user32.dll, LockWorkStation (exatamente como aí está, respeitando os espaços e a vírgula), clique em “Avançar”, dê um nome ao atalho e clique em “Concluir”.

A partir de então, sempre que você ligar ou reinicializar o PC, o Windows será carregado e suas configurações serão implementadas sem interrupções; a senha só será exigida ao final, numa tela semelhante à de entrada (“Logon”); basta você introduzi-la para que o sistema seja imediatamente liberado, pronto para uso.
Amanhã a gente conclui; abraços e até lá.

2 comentários:

Guilherme William disse...

Nossa, Fer, legal... principalmente essa segunda dica, na qual eu não sabia...

Vou usa-la no meu PC...

Valeu (mais uma vez) pela dica, Fer, e até amanha!

FERNANDO disse...

Oi, Guilherme.
Não fosse por você, amigão, esta postagem passaria em branco (risos).
Bem legal a segunda dica, né? Com ela, você pode ter, digamos assim, o melhor de dois mundos.
Um abraço, meu caro.