terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

BIOS, CMOS e SETUP (continuação)


Para acessar o Setup, ligamos (ou reiniciamos) o computador e pressionamos Delete durante a contagem da memória – note que a tecla de acesso pode variar conforme o fabricante e o modelo do BIOS; na dúvida, consulte o manual do aparelho ou as informações exibidas na tela durante o boot – procure algo como press X to enter setup, onde “X” é a tecla ou o atalho que você deverá pressionar no momento oportuno. Com isso, a inicialização é interrompida e a tela exibe um menu com a relação de páginas e recursos do programa, além de um esquema de teclas que mostra como navegar pelas opções e fazer as reconfigurações. Atualmente, basta ajustar alguns itens da página Standard CMOS Features, definir a sequência de boot e implementar os demais ajustes de uma só tacada com a opção Load Optmized Defaults, pressionar F10 para validar as modificações, encerrar o programa dar sequência à inicialização do computador (note que os nomes das páginas e a distribuição dos recursos em cada uma delas também pode variar).

Observação: Ao escolher a ordem dos dispositivos em que os arquivos de inicialização deverão ser procurados, configure o drive óptico como opção primária e o HD como secundária. Assim, você não precisará fazer alterações quando for reinstalar o Windows ou rodar alguma distribuição Linux diretamente do CD, por exemplo.

Note que é possível melhorar o desempenho da máquina mediante incursões nas configurações avançadas disponibilizadas pelo Setup, mas considerando que modificações indevidas ou mal sucedidas podem comprometer (ou mesmo inviabilizar) o funcionamento do computador, usuários inexperientes não devem se aventurar por essas veredas.
Vale lembrar, por oportuno, que o capítulo XIII do volume 8 da Coleção Guia Fácil Informática (Windows XP – Nível Avançado) traz mais de 10 páginas com informações e dicas práticas (ilustradas) de “ajustes finos”. Entretanto, como já faz mais de 6 anos que esse livrinho foi publicado, será difícil encontrá-lo em livrarias ou bancas de jornal.
Amanhã concluímos; abraços e até lá.

4 comentários:

Victor Faria disse...

Olá, Fernando!
Excelentes informações, pena que os comentários andam em baixo (espero pelo menos o número de visitantes não esteja na mesma situação).
Abraço e uma ótima semana!

FERNANDO disse...

Oi, Victor.
As visualizações de páginas (tanto em números globais quanto específicos) caíram pela metade e assim vêm se mantendo desde o final do ano passado. Já a redução nos comentários foi brutal, de modo que, se as coisas não melhorarem, o jeito vai ser enfiar a viola no saco e tocar noutra freguesia (risos).
Obrigado pela visita participativa e por suas palavras gentis em relação ao nosso humilde trabalho.
Abração e até a próxima.
Obrigado pela presença e pelas palavras gentis, meu caro.
Abração.

Reflexo d'Alma disse...

Gente!
Não consigo me preocupar se comentam ou não.
Me preocupo que as informações
saem da cabeça e ganham mundo.
Mas devo ser doida e devo tambem ser
uma exceção...
Bjins

FERNANDO disse...

Oi, Cátia.
É um ponto de vista interessante, esse seu... No entanto, seja como for, é-me impossível desassociar essa carestia de comentários da sensação de falar com as paredes (risos).
Obrigado por participar, meu bem. Beijos e até mais ler.