quarta-feira, 24 de abril de 2013

ESQUECEU A SENHA DE LOGON DO WINDOWS? E AGORA?


No âmbito da informática, esquecer a senha do Windows é mais ou menos como perder a chave de casa.

Alta madrugada, a loira encontra um bêbado agachado sob um poste de luz, escarafunchando o gramado.
- Moço, o que aconteceu? Será que eu posso ajudar?
- Perdi a chave de casa – responde o bebum..
A loira se agacha e ajuda o infeliz pé de cana a esquadrinhar cada centímetro quadrado do gramado. Meia hora depois, ela pergunta:
- Tem certeza de que foi aqui que sua chave caiu?
O cara se ergue, assume uma postura professoral e responde:
- Se eu soubesse onde a perdi, não a estaria procurando. Mas não, não foi aqui, tenho quase certeza absoluta que foi na rua de baixo.
- Então, criatura, por que estamos vasculhando este gramado?
- Hello! Eu posso estar bêbado, mas não sou loira. Lá está escuro como breu e aqui, claro como o dia. Entendeu ou quer que eu faça um desenhinho?

Não faz muito tempo, o “PC da família” era o modelo de computação que reinava absoluto nas residências de classe média – uma solução economicamente interessante, mas que deixava a desejar do ponto de vista da privacidade. Pensando nisso, a Microsoft instituiu uma política de contas e senhas, mediante a qual cada usuário cadastrado no sistema acessa seus próprios arquivos e configurações personalizadas (tais como plano de fundo, proteção de tela, e por aí afora) fazendo o logon com seu nome de usuário e senha.
O Seven oferece três as opções de contas: Administrador, Padrão, e Convidado. A primeira garante plenos poderes ao usuário; a segunda, mais restritiva, restringe o acesso a determinados arquivos do sistema e impede a instalação de drivers e a realização de modificações que afetem os demais usuários; a terceira, ainda mais limitada, é destinada a pessoas que precisam usar esporadicamente o seu computador.
Ao instalar o Windows, você deverá criar sua conta de Administrador, mas, por medida de segurança, não deixe de criar também uma conta padrão para usar no dia a dia, de modo a prevenir alterações acidentais e minimizar a ação nociva de vírus, spywares e malwares em geral – que não terão como infectar os demais usuários ou afetar arquivos importantes do sistema. Caso você precise realizar tarefas que exijam privilégios de Administrador, basta dar um clique direito sobre o programa, arquivo ou item desejado, escolher a opção Executar como, selecionar sua conta de Administrador, digitar sua senha e clicar em OK (caso a opção em questão não pareça, experimente manter a tecla Shift enquanto clica com o botão direito sobre o item em questão).

Observação: Para criar contas de usuário no XP, vá ao Painel de Controle, clique em Contas de usuário > Escolha uma tarefa > Criar uma nova conta; no Seven, também no Painel de Controle, clique em Contas de Usuário > Gerenciar Contas e siga as instruções.

Se ninguém além de você usa o seu computador, a senha de logon pode parecer desnecessária, mas nunca se sabe se e quando seu cunhado mala, sobrinho pentelho ou outro abelhudo de plantão irá ligar a máquina sem sua expressa autorização (aliás, por motivos óbvios, o problema é ainda maior com laptops), de maneira que convém não arriscar. No entanto, cada cabeça, uma sentença: caso queira configurar o logon automático no Windows 7, abra o Painel de Controle e, em Contas de Usuário, selecione seu nome na lista Usuários Deste Computador, desmarque o item “Os usuários devem digitar um nome de usuário e uma senha para usar este computador” dê OK, digite a senha duas vezes quando solicitado e confirme a alteração. Se você ainda usa o XP, clique aqui para mais informações.
Passando agora (finalmente) ao mote desta postagem, convém ter em mente que a política de contas e senhas do Windows foi aprimorada desde a versão ME, quando bastava teclar ESC na tela de logon para obter acesso irrestrito ao sistema. Caso você esqueça sua senha do XP Home, inicie o PC no modo de segurança, faça logon com a conta Administrador – que, por padrão, não requer senha –, acesse o Painel de Controle, clique em Contas de usuários e defina uma nova senha. No XP Pro, essa dica não funciona, mas é possível dar um “jeitinho” com o Active Password Changer 3.0 .
No Seven, o buraco é mais embaixo: caso você não disponha de um disco de redefinição de senha (para criá-lo, clique em Iniciar/Painel de Controle/Constas de Usuários/Criar disco de redefinição de senha e siga as instruções do Assistente), faça o seguinte:

1.     Reinicie o computador com o DVD de instalação do Seven (clique aqui para saber como alterar a sequência de boot no CMOS Setup, caso necessário). Depois que o instalador carregar, selecione um idioma para a instalação, clique em Avançar e em Reparar o computador, selecione o sistema a ser reparado (geralmente só há um), torne a clicar em Avançar e, na lista de ferramentas de recuperação, selecione Prompt de Comando.
2.     Digite “copy c:\windows\system32\sethc.exe c:\” (sem as aspas), tecle Enter e então digite “copy /y c:\windows\system32\cmd.exe c:\windows\system32\sethc.exe” (também sem as aspas).
3.     Torne a teclar Enter, digite exit, tecle Enter mais uma vez e reinicie o PC. Na tela de login que será exibida, pressione Shift cinco vezes consecutivas e, no Prompt de Comando, digite “net user (sem as aspas), dê um espaço, digite seu nome de usuário, dê outro espaço, digite a senha que você deseja implementar e tecle Enter (caso não se lembre do seu nome de usuário, digite apenas “net user” e dê Enter para acessar uma lista com todos os usuários do sistema).
4.     Para concluir, digite exit, reinicie o computador e faça o logon com sua nova senha. Se quiser evitar que alguém se valha desse artifício para mudar sua senha, volte ao Prompt de Comando, digite copy /y c:\sethc.exe c:\windows\system32\sethc.exe, dê Enter, digite exit, torne a dar Enter e reinicie o computador.

Abraços e até mais ler.

8 comentários:

Laís disse...

Já passei por isso. Meu cunhado formatou e reinstalou o Windows. Quase um mês pra arrumar tudo. Se eu soubesse...
Bj.

Fernando Melis disse...

Oi, Laís.
Bom saber que estas despretensiosas dicas serviram para alguma coisa.
Volte sempre e escreva quando quiser.

Lu Cidreira disse...

Pois é mestre, ainda aprendendo com V.S. as dicas que deveríamos saber a mais tempo, valeu pelas orientações do sevem.
Abraço

Fernando Melis disse...

Oi, Luizão.
Eu que agradeço, meu rei.
Abraços.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Ei Fernando, vim te ler,
aprender,
matar saudade e deixar bj;
não necessariamente nessa ordem... rss

Fernando Melis disse...

Oi, Cátia.
Bom ver você por aqui. Beijo grande e até mais ler, não necessariamente nessa ordem (rs). n.e.n.o.r.e.b.

Felipe Duarte disse...

Prezado Fernando,

Eu já utilizei essa dica(de criar uma conta padrão para utilizar no dia-a-dia ao invés de usar a conta de administrador no dia-a-dia) mais eu tive alguns problemas tipo alguns diretórios ficaram bloqueados para essa conta padrão(por exemplo os arquivos do pendrive ficavam ocultos quando eu colocava o pendrive usando a conta padrão). E outra coisa se a conta padrão for infectada por vírus quando digitamos a senha do administrador estando logado na conta padrão p/ fazermos coisa que exijam a senha do administrador nesse momento o vírus(se for um trojan) não pode capturar a senha do administrador não??

abraços

Fernando Melis disse...

Oi, Felipe.
Usar uma conta de usuário padrão limita seus poderes e evita que códigos maliciosos façam modificações no sistema que, em tese, você, na condição de usuário limitado, não pode implementar sem se logar como administrador.
Na prática, todavia, a teoria é outra, de modo que convém manter seu arsenal de defesa sempre atualizado e operante, até porque a bandidagem digital está sempre um passo a frente. Inserindo palavras-chave como vírus, malware, antivírus, segurança e outras que tais no campo de buscas do Blog, você encontrará centenas de postagens sobre o assunto.
Abraços e até mais ler.