quarta-feira, 29 de março de 2017

COMO PROIBIR A INSTALAÇÃO DE PROGRAMAS NO SEU PC (Conclusão)

A MORAL DOS POLÍTICOS É COMO ELEVADOR: SOBE E DESCE. MAS EM GERAL PARA POR FALTA DE ENERGIA OU ENTÃO SIMPLESMENTE NÃO FUNCIONA, DEIXANDO DESESPERADOS OS INFELIZES QUE CONFIAM NELES. 

Por menos que a ideia nos agrade, há casos em que precisamos compartilhar o computador com outros usuários, e como é sempre preferível prevenir a remediar, não custa bloquear a instalação de novos aplicativos (afinal, os spywares ― programinhas espiões que atuam sub-repticiamente para capturar dados confidenciais, como senhas bancárias, de login, e números de cartões de crédito) andam à solta por aí, e aplicativos gratuitos são um dos meios de transporte preferidos por essas pragas.

O roteiro que eu publiquei no post anterior, baseado no Editor de Diretiva de Grupo Local, não funciona em todas as versões do Windows. Se você tentar acessar o Editor via menu Executar e receber uma mensagem de erro, tente o plano B (ou instale uma ferramenta de terceiros que bloqueie a instalação programas, se quiser, mas aí já é outra história).

Observação: Como a dica de hoje exige a edição manual do Registro do Windows, e considerando que esse importante banco de dados é a espinha dorsal do sistema ― pois qualquer alteração indevida ou malsucedida pode torná-lo instável ou, em casos extremos inoperante ―, convém você criar um ponto de restauração e fazer um backup do Registro (clicando neste link, você acessará a postagem inicial de uma sequência que trata em detalhes do Registro e explica como criar backups totais ou parciais).

Passemos ao tutorial:

― Abra o Editor do Registro (digite regedit na caixa de diálogo do menu Executar e pressione Enter) e navegue pelas pastas HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\Classes\Msi.Package\DefaultIcon;

― Na lista à direita, você verá um arquivo chamado Padrão. Na coluna Dados, haverá um caminho terminado em 0 (zero). Dê duplo clique sobre o arquivo Padrão e, em Dados do Valor, mude o valor de 0 para 1 e reinicie o computador.

A partir daí o Instalador do Windows estará bloqueado. Para reativá-lo, basta seguir os mesmos passos e desfazer a alteração do valor.
(Dica publicada originalmente no site de tecnologia CANALTECH).

ENTRE O CÉU E O INFERNO ― Por Mentor Netto

Lula morreu e foi para o céu. Lá chegando, apresentou-se a São Pedro, que depois de consultar seu livro dourado, grosso como uma versão impressa do Google, disse-lhe em tom cordial:

– Então, Lula, meu anjo, veja… existem muitos processos em andamento lá na Terra. Vamos rever a situação antes de permitir sua entrada.

– Mas como assim? Justo eu que tirei milhões da miséria!

– Na verdade, existem algumas controvérsias, e o Chefe mandou o Milton Friedman revisar as planilhas. Você entende, né? Uma segunda opinião, fazer uns gráficos, apresentar um power point.

– Mas São Pedro, meu governo fez o maior combate à corrupção da história!

– E deu no que deu, né? Pegaram você.

– Nada foi provado!

– Estamos averiguando isso também. Pedimos ao Thomas para dar uma olhada no processo todo.

– O Márcio Thomaz Bastos? – Lula não conseguiu conter o sorriso, lembrando de seu ex-ministro da Justiça.

– Não, né, Lula? O Thomas Jefferson.

– Ô, meu Deus…

– Olhaaaaa. Não complique ainda mais sua situação.

Lula procurava algum argumento.

– Foi no meu governo que aconteceu o maior programa de transferência de renda já realizado no mundo!

– Então…o Marx está examinando isso. Ficou de apresentar uma análise, mas você sabe como ele é prolixo… da última vez que cobrei, o relatório já tinha mais de 600 páginas. A verdade é que essas coisas levam tempo.

Lula recorreu à sua infância sofrida, ao pau de arara, às greves no ABC, mas São Pedro tinha resposta para tudo. Depois de muita negociação, uma proposta:

– Olha, Lula, vamos fazer o seguinte: você pega ali o elevador e desce até o terceiro subsolo. Dá uma espiada lá no Inferno. Você vai ver que não é assim tão ruim. Eu peço que deem a você tratamento VIP. Vai ter um City Tour bacana, com champanhe francesa e tudo. Aí você revê uns amigos, e assim que sair o veredito aqui em cima, eu chamo. Que tal?

Lula pensou em todas as imagens do inferno que já tinha visto nos livros.

– Sabe o que é São Pedro, eu agradeço a proposta… mas vai que me esquecem lá embaixo? Ou pior! Imagina se descobrem que eu fiz o Bolsa Família e tantas outras boas ações…

– Bom, eu preciso resolver esse impasse e vou fazer uma última proposta: você volta lá para a Terra como se nada tivesse acontecido e continua sua vida até a gente resolver por aqui. Que tal?

– Continuo a vida? Assim… do ponto em que eu parei?

– Claro… do ponto que em parou.

– Com o Moro no meu pé, igualzinho?

– Igualzinho.

Lula pensou, cofiou a barba, andou para lá e para cá e finalmente decidiu.

– Ô, São Pedro?

– Diga Lula.

– Explica aí de novo o que está incluído naquele City Tour, vai.

Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/

Nenhum comentário: