quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

UM SMARTPHONE AO ALCANCE DE QUALQUER PAPAI NOEL

FINCHÈ C'È VITA C'È SPERANZA. 

Neste final de ano, minhas dicas de Natal focaram nos smartphones

Comecei falando do tão ambicionado iPhone X, cujo preço desestimula quem dá valor ao seu dinheiro ― o mimo custa cerca de R$ 8 mil, na configuração de ponta, embora possa ser comprado nos EUA por US$ 1 mil, ou seja, pouco mais de 1/3 do preço praticado aqui. Viva o governo brasileiro e sua escorchante carga tributária; viva a Apple, que deita e rola ao colocar preço em seus produtos aqui nesta pobre Banânia.

Diante desse descalabro, sugeri alguns aparelhos de outras marcas, com sistema Android, todos vendidos por menos de R$ 1 mil. Mas volto agora ao assunto com uma opção ainda mais em conta e de bom tamanho para quem precisa de um smartphone funcional, mas não pode investir muito na compra do produto. 

Trata-se do Zenfone Go, da Asus ― a marca dispensa apresentações para quem tem alguma familiaridade com o mundo da informática. A configuração é espartana, embora mais que suficiente para encarar as tarefas do dia a dia. E o melhor está no preço: R$ 329,90, que você pode dividir em 12 parcelas de R$ 31,56.

O processador é o Qualcomm Snapdragon 200, de quatro núcleos e frequência de operação de 1,2 GHz. A memória (RAM) é de 1 GB e o armazenamento interno, de 8 GB (que você pode expandir com um micro SD Card de até 64 GB). A câmera frontal tem resolução de 2 MP e a traseira, de 8 MP ― com 13 modos de disparo automáticos. A tela é de 5 polegadas, com resolução de 854 x 480 pixels (FWGA), e o sistema operacional é o Android 5.1 (Lollipop).

A conexão móvel não vai além do 3G, mas o telefoninho conta com Bluetooth 4.0 e Wi-Fi, além de ser “dual chip”. Dependendo do quanto você fala por mês e das operadoras que seus contatos utilizam, dá para economizar na conta o suficiente para pagar as prestações.      

Em suma: um smartphone modesto, mas funcional, por um preço acessível. Fica a sugestão.

Visite minhas comunidades na Rede .Link:
Postar um comentário